quinta-feira, 24 de junho de 2010

Morre brutalmente assassinado uma criança de 14 anos de idade, motivado pelo ÓDIO aos HOMOSSEXUAIS!

Hoje apenas repassarei esse post do blog "Direitos Fundamentais LGBT" do querido Carlos Alexandre Neves Lima. Ao tomar conhecimento desse fato fiquei muito chocado e tentei escrever a respeito, mas por mais que eu tentasse escrever e desenvolver algum texto não consegui , pois não encontrei palavras diferentes de revolta, tristeza, luto e horror diante de tamanha barbárie.



Alexandre Thomé Ivo Rojão, de 14 ANOS, foi SEQUESTRADO, TORTURADO e MORTO, no bairro da Califórnia, no Município de São Gonçalo, Rio de Janeiro, na madrugada de segunda-feira.

Alexandre saiu no domingo para ver o jogo do Brasil na casa de amigos, os quais teriam se envolvido numa briga. A turma do Alexandre registrou queixa na delegacia e depois o grupo voltou para festa. As 2:30hs Alexandre voltava para casa quando foi surpreendido e interceptado, culminando no brutal assassinato. Seu corpo foi deixado num terreno baldio.

O delegado Geraldo Assed, da 72ª DP (Mutuá), suspeita que o crime tenha sido praticado por skinheads e motivado por intolerância a orientação sexual.



De acordo com a polícia, Alexandre foi torturado com crueldade. No laudo cadavérico consta que ele foi morto por:

1- asfixia mecânica;

2- enforcado com sua própria camisa;

3- com graves lesões no crânio do adolescente, provavelmente causadas por agressões com pedras, pedaços de madeira e ferro.

Três suspeitos foram identificados por meio de ligações do Disque Denúncia. Os telefonemas informavam que o corsa branco KQH 4119, que pertence a um deles, foi visto próximo ao local onde o corpo da vítima foi encontrado. Segundo o delegado os suspeitos pregam na rede social ódio contra homossexuais.

A Justiça decretou nesta quarta-feira a prisão temporária dos três suspeitos. São eles, Eric Boa Hora Bedruim, Alan Siqueira Freitas e André Luiz Cruz Souza, todos de 23 anos, acusados de praticar homicídio duplamente qualificado por motivo torpe.

Em blog de pessoa que parece ser próxima dos familiares da vítima afirma que será realizado no próximo domingo, dia 27, um ato de protesto e pedido de justiça, na praça Zé Garoto, São Gonçalo, as 15hs, quando ocorrerá o evento da Parada Gay local.



Em entrevista ao RJTV, a mãe inconformada, D. Angélica (foto acima), segurava o retrato do menor e dizia sobre o horror de ver o rosto do filho totalmente desfigurado, no momento de reconhecer o cadáver no IML, e da crueldade dos assassinos.

D. Angélica pediu justiça e alegou que não pode passar despercebido esse crime:

"... agente tem que ser livre... , as pessoas tem que ter o direito de ir e vir, não interessa se voce gosta de vermelho, eu gosto de laranja e ele gosta de branco".

A ausência de lei que criminalize o crime de ódio contra homossexuais é um incentivo para que bárbaros pratiquem crimes brutais como este. Que PESE NA CONSCIÊNCIA dos Senadores da República que se OMITEM e são contrários ao projeto de lei 122/2006 este crime!!!

Uma lei penal não muda o pensamento homofóbico de uma sociedade preconceituosa, mas seu caráter punitivo e preventivo, serve ao menos como recado de severa punição pelo Estado para animais criminosos como estes.

Ao se negar legislar, se omitindo, o Estado manda recado oposto para esses vândalos.

Alexandre Ivo poderia estar vivo hoje. Não está.

Por mais que se grite, chore, berre, denuncie não mudará o fato de Alexandre Ivo, com apenas 14 anos de idade, com muita história por realizar, ter sido brutalmente assassinado por puro preconceito aos homossexuais, diante dos olhos omissos do Estado, tão preconceituoso quanto os assassinos desta criança.

Alexandre Ivo, pela foto mais acima, gostava de ver a vida pelos seus óculos cor de rosa. Por sua vez, os homofóbicos enxergaram no fato de Alexandre Ivo ser, existir e viver um ‘desconforto’, resolvido a base de pedras, pedaços de madeira e ferro.

Além daqueles que tudo veem e nada fazem, todos que nomeiam os homossexuais de 'antinaturais' e assemelhados podem se sentir unidos aos assassinos. Foram seus comparsas. Ao invés de usarem as mesmas armas, se valem de outras, a religião em primeiro plano, afora os meios de comunicação, seja através de revistas, jornais, blogs ou televisão. Foram os incentivadores para animais como estes a praticarem o crime.

Fotos e fonte:
http://zanny10narede.blogspot.com/2010/06/homofobia-assassinato-com-marca-do-odio.html

Fonte do post acima: Blog Direitos Fundamentais LGBT
http://carlosalexlima.blogspot.com/2010/06/morre-brutalmente-assassinado-uma.html

Reportagem do Jornal RJ TV da Rede Globo

video

Acompanhem pelo Blog "Direitos Fundamentais LGBT" os desdobramentos do assassinato do jovem Alexandre Thomé Ivo Rojão.


A cara dos três acusados de pregarem o ódio contra homossexuais e presos pelo assassinato brutal de Alexandre Thomé Ivo Rojão.

http://carlosalexlima.blogspot.com/2010/06/cara-dos-tres-acusados-de-incentivarem.html


Desdobramentos do assassinato do jovem Alexandre Thomé Ivo Rojão.

http://carlosalexlima.blogspot.com/2010/06/desdobramentos-do-assassinato-do-jovem.html


Testemunhas do caso Alexandre Thomé Ivo Rajão estão sendo ameaçadas por skinheads!

http://carlosalexlima.blogspot.com/2010/06/testemunhas-do-caso-alexandre-thome-ivo.html


A Senadora Fátima Cleide continua fazendo toda diferença no Senado Federal
http://carlosalexlima.blogspot.com/2010/06/senadora-fatima-cleide-continua-fazendo.html


3 comentários:

  1. só tive conhecimento dessa noticia pelo seu topico no Yr ,e quando vi fiquei e ainda estou sem palavras !!!
    pessoas são mortas por sua sexualidade ,nunca vou conseguir entender isso
    Sem mais palavras !!!!!
    Fica aqui minha indignação e meus pesames a familia !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Essa brutalidade mostra o quão horríveis são essas pessoas que fizeram isso. E dizer q esse tipo de coisa acontece diariamente. É impressionante como a homofobia ainda não é considerada crime. Tanta gente inocente, como esse menino, morrem e os culpados não recebem a devida pena que merecem.
    Parabéns pela postagem, Joseph. Quanto mais te conheço, mais te admiro e gosto de você.

    Leandro Machado, 30 de junho, 2010.

    ResponderExcluir
  3. Sem palavras,,,
    É lamentavel,

    ResponderExcluir